Black Friday: vendas no varejo recuam 14,5% mostra ICVA

Por Agência Conecto


De acordo com o índice Cielo de Varejo Ampliado (ICVA), as vendas no varejo brasileiro caíram 14,5% na Black Friday deste ano comparado com a data no ano passado. É importante ressaltar que o índice considera as vendas gerais, e não apenas as transações processadas nas maquininhas da Cielo.


A queda geral foi puxada pelo varejo físico, que teve contração de 25,5% ainda afetado pela pandemia de Covid-19, enquanto no comércio eletrônico as vendas cresceram 21,2%.


O destaque no período ficou para o segmento de materiais de construção, com alta de 9,9% ano a ano, enquanto o setor de turismo e transporte apurou uma retração de 50,7% na comparação com período equivalente de 2019.


No período acumulado da Black Friday, de 26 a 27 de novembro, também em termos nominais, o faturamento total caiu de 8,6% em relação ao período de 28 a 29 de novembro de 2019, com o varejo físico caindo 17,5% e o e-commerce mostrando expansão de 25,7%.


Em levantamento feito pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), dias antes da Black Friday, a previsão era de aumento tanto nas vendas feitas em lojas físicas quanto no e-commerce.


Apesar da confirmação do salto nas vendas on-line, era esperado um crescimento bem maior nas lojas físicas. A projeção era de que o faturamento final seria 6% maior que na mesma data de liquidações de 2019.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo